LEVITA QUE AO CÉU SE LEVITA É LEVIATÃ QUE ATÉ DEUS EVITA

Quero aqui reconhecer dentre todas as "gospelizações" da cultura judaica realizadas pelo meio evangélico, a mais (in)útil ao corpo de Cristo, é a que trouxe de volta da diáspora os Levitas para cantarem nos cultos evangélicos. 

Justiça foi feita aos Danitas, os Issacarnitas, os Benjamitas, os Rubenitas, os Simeonitas, Zebulonitas, Gaditas, Manasseítas, Efrainitas e também a tribo inimiga das baratas, os Naftalinitas, que "não pagaram o preço" às Gravadoras Gospel que deus levantou para a "Glória do Seu Nome", para a "Maria do Seu Joaquim", para a "Jertrudes do Seu Nicolau" e a todos os outros beneficiários da máfia das gravadoras evangélicas no Brasil afim de também serem restaurados de volta ao tempo presente.

A Universidade de Tel-Aviv que investiu verbas enormes para tentar sem sucesso algum rastrear geneticamente as 10 tribos perdidas deveria ter enviado uma comissão ao Brasil para investigar esse 'mistério' por trás da reaparição dos Levitas. Afinal, "aqui tem mistério irmão", tanto mistério que até o Leão da tribo da Receita Federal não entende, mas glorifica.

Com o término da construção da réplica do Templo de Salomão no Brasil, espero ali ver os levitas em suas funções originais. Varrendo o templo, carregando água para os rituais, examinando animais, limpando cocô de ovelha, queimando tripa de novilho, esfaquiando pombinhas inocentes, degolando bodes, lambusando os untensílios de sangue e carregando madeira para manter a churrasqueira acesa 24 horas por dia. Ah... e eles também cantavam.

Estou muito feliz com volta dos levitas. Sei que já estão surgindo levitas de grande relevância como Eli, que discernia bem um bêbum de uma mulher em oração, Hofni e Fineias que nunca metiam a mão nas ofertas e Caifás e seu sogro Ananias que tentaram livrar Jesus da perseguição. Me anima também saber que grupos exclusivamente formado por levitas, como os Saduceus que apoiavam a Jesus, já estão ministrando entre nós. Ôooo Glória!

O mais importante dos levitas, segundo Jesus, foi João Batista, que dedicou sua vida a cantar com sua banda numa turnê por Israel. Desconfio eu que os dons vocais de João eram herança genética. Acredito ser essa a razão do anjo Gabriel ter emudecido a Zacarias pai de João, até que sua função angelical por ali terminasse. Afinal, anjos tem ouvidos sensíveis! Hoje ao ouvir alguns Cd's de música evangélica peço insistentemente a deus em oração para que envie novamente o anjo Gabriel a visitar certos irmãos levitas e abênçoa-los com a "unção silenciosa de Zacarias".

Segundo os Grandes Levitas do Gospel Nacional, o louvor é o oxigênio de deus. Minha sugestão, já à 20 anos, é que alguém comece a engarrafar louvor para que deus possa dessa forma respirar debaixo d'água. Poderiámos então trocar "oxigênio de deus" por "água do rio Jordão" e assim estabelecer mais um 'international trade market' com Israel. Só Vitória! 

Me encanta a humildade dos levitas evangélicos. Quando podem exigir 4 limosines para leva-los aos seus shows exigem somente duas. Podendo cobrar cachês de 50 mil exigem somente 40 mil. No seu direito de serem tratados como reis se contentam em serem apenas pop-stars. Fossem eles orgulhosos como o Leviatã citado nos Salmos cantados pelos antigos levitas, criatura a qual deus humilhou esmagando-lhe a cabeça, haveriam hoje escândalos no meio levitico evangelico. Se os levitas se levitassem aos céus como fez o diabo, uma espécie de Evis Presley que foi expulso do coral do céu, existiria então alguma razão para nos preocuparmos com a tal classe levítica na igreja.

A ironia desse texto é expressão de quem se cansou de chorar pela igreja e agora quer também sorrir.

Wesley Moreira