PEQUEI OU ERREI O ALVO?



Quem não se lembra desse chavão gasto? "pecado é errar o alvo"

Ouvi essa definição simplória de pecado pela primeira vez quando tinha 16 anos pelo Pr. Gilberto que veio de Goiânia pregar em São Miguel do Araguaia em 1992, bons tempos. Essa definição de pecado começou a ser ensinado na década de 90 no Brasil, quando teólogos liberais encontraram nos textos originais da Bíblia uma das palavras que se poderia usar como "Pecado". Essa palavra חטא “chet” que significa dentro do contexto correto "errar o alvo" foi usada para lançar um dos fundamentos do relativismo na igreja evangelica. 

Relativismo é a doutrina maligna iluminista que determina de que nada é absoluto ou verdadeiro mas tudo se relativiza subjetivamente de acordo com diferenças na percepção e consideração. No nosso contexto ensina o relativismo que o pecado é relativo de pessoa para pessoa, ou seja, o que é pecado para mim pode não ser pecado para você e vice-versa. Voce me pergunta: Se eles tiraram essa palavra חטא “chet” da Bíblia onde foi então que eles erraram? Eles se equivocaram inteiramente em entender a cultura associada ao conceito de pecado e ignoravam como a palavra pecado era usada nas escrituras, No pior dos cenários eles não se equivocaram mas o fizeram de propósito para terem uma base teologica para o relativismo.

A verdade é que não há no hebraico uma palavra específica para 'pecado'. Pois pecado é mais que uma palavra é um conceito, uma ideia que se apresenta dentro de determinado contexto. Você me pergunta: 'Como eles usavam a palavra pecado da bíblia?' Me explico. Eles pegaram palavras emprestadas para definir a ideia de pecado no texto. Entre as palavras comumentes usadas estavamחטא “chet” ; עוון “Avon”; עבירה “Aveirá” eפשע “Pesha” porém nenhuma dessas palavras significa pecado em si mesmas, mas podem vir a significar dentro do contexto correto. A palavra חטא “chet” era usada coloquialmente para assuntos ligados a caça, esportes e guerra, e significava 'errar o alvo”dentro do contexto de que um BOM arqueiro, de repente perdeu o foco, se desconcentrou e 'errou o alvo. O arqueiro precisava ser BOM para cometer um חטא “chet”. 

A palavra 'chet' não implica em culpa intencional. Usar a palavra chet para descrever, por exemplo o pecado de estupro é o mesmo que dizer que o estuprador era 'gente boa' e o estupro 'foi sem querer querendo'. Porém quando os escribas usaram חטא “chet” o contexto mudava o significado comum da palavra. Por exemplo em Números 18:22 'chet' é usado para definir o pecado é não um simples 'errar do alvo'. Está escrito assim 'Ora, nunca mais os filhos de Israel se chegarão à tenda da revelação, para que não levem sobre si o pecado (chet) e morram. O contexto mudou o 'chet' (errar o alvo) para 'chet' (pecado de morte). 

Outro exemplo e a palavra עבירה “Aveirá” que era usada para dizer que você ultrapassou, invadiu a terra, casa de alguém ou que você 'avançou além dos seus limites'. Essas palavras originalmente significam outra coisa e são emprestadas do seu uso coloquial para serem usadas para definir o conceito de pecado pela força do contexto. 

Então o que é pecado? Não precisamos ir no Antigo Testamento para obter a definição correta para pecado. João definiu bem e com clareza a ideia de pecado em 1 João 3:4: 

'Todo aquele que comete pecado transgride a lei; de fato o pecado é a transgressão da lei' 

Se você possui uma tradução 'vagabunda' então o versículo na sua Bíblia vai estar parecido com o seguinte: 'Todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia' (O que já é a relativização influenciando os tradutores das escrituras) Observe o mesmo versículo nas copias gregas: 

'pas ho poion ten amartian kai ten anomian poiei kai he amartia estin he anomia' 

O que significa "anomia" no grego? Se do grego "nomos" significa "lei", então "anomia" significa estar fora da lei, estar contra a lei, estar sem lei e não simplesmente estar em rebeldia ou iniqüidade, e muito menos, 'errar o alvo'. 

Conclusão: Pecado não é errar o alvo! Pecado é transgredir a lei! É mais sério, torna saliente a responsabilidade do pecador. Se voce trangrediu a lei você é culpado. Se você é culpado o preço por sua trangressão deve ser pago. Quem pagou o preço por nossas transgressões? Jesus, na Cruz! Percebeu que quando a coisa fica séria a gente corre para a Graça que está só em Jesus? 

Se você simplesmente errou o alvo, não precisa de expiador, justificador, de mediador ou de arrepender-se e muito menos de salvador. Quem erra o alvo precisa apenas 'tentar de novo' e permanece na sua justiça própria, pois o erro foi 'sem querer' e não carrega culpa. 

Portanto, seja um cristão decente e não relativize a palavra de Deus dizendo que pecado é apenas 'errar o alvo'. Não tente fazer a verdade ser mais suave ou mais politicamente correta para os outros. Deus é um Deus zeloso e não terá por inocente aquele que modificar Sua palavra. 

Wesley Moreira 

World Harvest Church 
WH Bible Institute 
Way of the Master School of Evangelism