OS EUA A BEIRA DE UMA GUERRA CIVIL



Os Estados Unidos da América está sob ataque interno. Nossa cultura, nossa história, nossos fundamentos estão sob o assalto mais direto que eu vi na minha vida.

E tenho certeza que é o mesmo com você. Nunca vimos nada assim. Uns dizem que estamos à beira de uma segunda guerra civil outros de vocês podem dizer a guerra civil já começou. Não importa como você quiser caracterizar, estamos sob ataque interno que está sendo comprado e pago por pessoas de fora da América, além de pessoas dentro.


Estou falando em pessoas como George Soros e quaisquer outros grupos de financiadores internacionais cujo objetivo é derrubar os Estados Unidos da posição de superpotência, e literalmente neutralizar os Estados Unidos como uma nação poderosa ou superpotência.


Agora, pessoal, para defender a América, que eu acredito que cabe a todos nós, para defender a América, você deve começar a conhecer nossa história. Você tem que conhecer o propósito dos Estados Unidos da América. Você precisa saber a inequívoco e orgulhoso lugar dos Estados Unidos na história. E é por isso que eliminar e distorcer a nossa história é crucial para que a esquerda tenha sucesso.


Nada disso está acontecendo na esquerda é aleatório. Nenhum dos tumultos, nenhum dos protestos. Eles não são o resultado da esquerda estar ofendida por atos individuais. Antifa (Black Blocs) não apareceram em Charlottesville porque sentiram que algo que os ofender acontecesse. Eles apareceram em Charlottesville para criar caos e causar o inferno. Eles apareceram em Ferguson, Missouri, para fazer o mesmo.


Eles apareceram em Baltimore para fazer o mesmo - e onde quer que eles apareçam hoje e amanhã e na próxima semana, é por design, de propósito, tem um objetivo e uma agenda. E essa agenda é apagar a história americana. Essa agenda é distorcer, apagar e impugnar nossa história o que é crucial para que eles tenham sucesso. Porque, veja, se os americanos podem ser persuadidos de que a América, como foi fundada é injusta, se os americanos podem ser convencidos de que a América como fundada intrinsecamente racista. imoral e ilegítima, então será muito mais fácil de derrubar os princípios dos fundamentos da América. 


Os dois estão de mãos dadas, que é o objetivo de todos esses grupos de esquerda. Como quer que sejam chamados e onde quer que eles vão e, eles organizam e, seja qual for o seu propósito do dia-a-dia, seu objetivo é apagar a história da América. Para reafirmar, e convencer a maioria dos americanos de que seu país é ilegítimo desde o início, de que é injusto, racista e intolerante e que assim foi desde o começo. Se muitos americanos podem ser persuadidos de tudo isso, de que a América é intrinsecamente racista, que a América é uma mentira, então tudo se acaba. Esse é o objetivo, e estamos no meio disso. Às vezes você está tão perto da floresta e não percebe as árvores. Isso é o que estamos presenciamos daqui: um esforço contínuo para desacreditar toda a nossa cultura, nossa história, nossos fundamentos. 


O objetivo é converter as mentes americanas o quanto possível de que a América como foi fundada não vale a pena defender. Tempos sérios. Este é um esforço muito, muito forte que estão fazendo. Mas infelizmente eles tem muitos aliados. Muitas pessoas estão ajudando nisso, pessoas que deveriam se opor a isso, mas estão escolhendo o que para eles é o caminho de menor resistência para estabilização como que é definido pela mídia. Vocês têm vários republicanos que eu acredito estão inconscientemente participando do esforço para enfraquecer os Estados Unidos da América por que particularmente porque Donald Trump é o presidente. Trump como presidente é, na sua visão deles, conforme os ataques da mídia, os ataques a Trump, e desonesta caracterização de sua presidência, são projetados para mostrar como a América é realmente falha. Se alguém assim pode ser eleito, isso significa que é hora de se livrar da Constituição de rasga-la! É ideia de destruir tudo aquilo que fez Trump possível e de se livrar dele. Tudo isso está acontecendo com a ajuda e o apoio da mídia, o que significa que tem a ajuda e o apoio da esquerda mundial e do Partido Democrata.


A profunda moralidade da América, a bondade, a prosperidade generalizada e o projeto de igualdade de oportunidades devem ser auto evidentes. Mas isso pressupõe que fatos históricos precisamente como ocorreram precisam ser ensinados na educação o que não está mais ocorrendo. É uma vergonha que e a profunda espiritualidade, a grandeza, a bondade, a prosperidade e a igualdade de oportunidades pelas quais a América foi conhecida estão sendo reformadas e apagadas. A história está sendo reescrita diante de nossos olhos. Estamos no meio de uma re-educação histérica e inacurada por gerações.


A América é única. A América não copiou nenhum outro país. Todos outros países imitavam os outros, com governos que negavam liberdade individual, negavam oportunidade, negavam soberania. Foi o que era copiado. A tirania era copiada, de nação em nação, pessoas por pessoas. Essa é a história da humanidade: viver sob a tirania, viver sob o autoritarismo, viver na pobreza, viver na doença - até que os Estados Unidos surgiram, sem copiar nada de ninguém seus fundadores rejeitaram toda essa tirania, opressão e pobreza. Na América, o indivíduo era o poder supremo. Isso está sendo apagado sob a premissa de que o indivíduo é corrupto. O indivíduo é provavelmente um racista ou um homofóbico ou um transfobo ou algum outro saco mal preparado de humanidade, e, portanto, precisamos superar a corrupção que é o indivíduo, aquele abraço incomparável da humanidade que é os Estados Unidos da América deve ser substituido pela colectividade do socialismo em direção ao comunismo.


Não há lugar neste planeta em que os seres humanos prefeririam estar do que nos Estados Unidos da América. E, no entanto, pessoas nascidas e criadas neste país foram persuadidas de que a América é um buraco, um inferno, um esgoto, um lixo ou uma masmorra, e eles estão no processo de realmente fazer disso uma realidade, sob o pretexto de que direitos civis, igualdade e liberdade. O incomparável abraço da humanidade que é os Estados Unidos está sob ataque. Os esquerdistas, os democratas buscam o controle de mais de 100% da população. Eles cumprem isso com mentiras, como a leis de ajuda, com bolsas de saúde.


Eles conseguem isso com uma mentira após a outra. As mentiras que estão sendo ditas hoje são as mentiras projetadas para convencer as pessoas de que não vale a pena defender seu país, de que não vale a pena conserva-lo como foi fundado porque foi fundado como racista, sexista, intolerante, homofóbico (você conhece os chavões), imoral e ilegítimo. Pessoas ignorantes não permanecerão livres por muito tempo. A mídia está trabalhando em um projeto paralelo aos sistemas escolares para distorcer ativamente e passivamente as informações históricas e erradicar os vestígios de nossa história e de nossa memória que testemunhem a grandeza da América e de seu povo.



Rush Limbaugh