JOEL OSTEEN FECHA AS PORTAS DE SUA IGREJA PARA VÍTIMAS DO FURACÃO

HOUSTON, Texas - Joel Osteen está enfrentando um pesadelo em relações públicas, já que sua instalação de 17 mil lugares, a Igreja de Lakewood, manteve as portas fechadas durante a crise esmagadora causada pelo furacão Harvey.

Osteen e sua esposa, Victoria, são pastores da congregação não-denominacional localizada no antigo Centro Compaq. Lakewood Church está situada a cerca de seis milhas do centro de Houston e está na Highway 59, que possui vias de acesso para a Interstate 610 Loop, Interstate 45 e a Highway 288.

Depois que a tempestade tropical e o furacão que balançaram a cidade na sexta-feira, Osteen twitou: "Victoria e eu estamos orando por todos os afetados pelo furacão Harvey. Junte-se a nós enquanto oramos pela segurança de nossos amigos e familiares no Texas ".





A resposta ao pedido de Osteen para que outros se juntassem a ele e a sua esposa em oração pelas vítimas das inundações causadas pelo furacão foram duras críticas e ridicularização no Twitter. Aqui estão algumas respostas:





Mesmo outro pastor, Greg Locke, twitou, "Joel Osteen, como Pastor você tem uma enorme obrigação de mostrar o amor de Cristo neste momento".



Aqueles no Twitter também twittaram o que deveriam ser fotos da mansão de Joel Osteen em River Oaks de Houston, a poucos quilômetros de distância.



"Enviando pedidos e orações ao pregador evangélico mais famoso de Houston, Joel Osteen. Espero que o Senhor poupe sua modesta casa."

Lana Shadwick é uma escritora e analista legal da Breitbart Texas. 
Traduzido por Wes Moreira

-----

Joel Osteen, criticado por fechar o templo para as vítimas do furacão, abriu o templo dias depois e promove através de sua equipe "a grande ajuda aos desabrigados", filmando, fazendo entrevistas com as pessoas que está agora ajudando e postando as imagens nas redes sociais. Tudo um grande golpe de marketing para combater o que para ele é publicidade ruim para seu negócio.

HOUSTON (AP) - Joel Osteen saiu para "controlar os danos publicitários " e defendee sua decisão de não abrir seu mega-templo em Houston para servir de abrigo durante a inundação inicial de Harvey . Diante de críticas nas mídias sociais o televangelista através de seus contatos na mídia deu uma entrevista para a rede ABC no programa "Good Morning America" ​​explicando que que sua Igreja em Lakewood estava inacessível devido a inundações durante o início da tempestade. Ele disse que a antiga arena de basquetebol de 16.000 lugares é propensa a inundações e que "a última coisa que faríamos é colocar as pessoas ali no início". Ele disse também que a cidade não pediu a igreja para abrir as portas da igreja como abrigo inicialmente. Osteen disse no show "Today" da NBC que uma "narrativa falsa" nas mídias sociais é a culpada pelo criticismo que ele recebeu. 

Imagens postadas no twitter no dias iniciais mostram que Joel está mentindo, o acesso para seu mega templo estava totalmente aberto, limpo e seguro. As críticas recebidas e a publicidade ruim o fizeram "correr atrás do prejuízo". Doutra sorte ele teria no primeiro dia anunciado sua intenção de ajudar as vítimas, o que nunca ocorreu.