ANTICRISTIANISMO: ASSEMBLÉIAS DE DEUS FECHADAS NO IRÃ

As forças de segurança iranianas fecharam a Igreja Assembléia de Deus Jannat Abad, em Teerã, deixando seus 100 membros sem um lar espiritual.


Relatos das testemunhas indicam que um ramo da Inteligência da Guarda Revolucionária do Irã deu a ordem para fechar o prédio nesta terça-feira 5 de junho. Atualmente, apenas três igrejas ainda permanecem em Teerã, incluindo a Assembléia de Deus Central de Teerã, que é já está sendo pressionada a fechar as portas, uma  igreja presbiteriana e uma igreja evangélica independente. 

"Os crentes no Irã e em muitas outras partes do mundo, literalmente, colocam suas vidas e as vidas das suas famílias em risco de cada vez que entram pelas  portas de sua igreja", diz Greg Mundis, diretor executivo de Missões Mundiais das Assembléias de Deus. "Precisamos fielmente interceder por nossos irmãos e irmãs que sofrem enormemente em nome de Jesus Cristo." exorta Mundis.

O fechamento forçado da  Igreja Assembléia de Deus Jannat Abad foi precedida  pelo fechamento forçado de outra igreja  Assembléia de Deus  em dezembro de 2011 em Ahvaz, Irã, onde toda a congregação foi presa e interrogada. Alguns meses atrás, George Wood, superintendente geral das Assembleias de Deus, reuniu-se com o presidente Obama e pediu que o presidente que com veêmencia conversasse com os líderes iranianos sobre os direitos religiosos dos cristãos no Irã, mencionando Yousef Nadarkhani, um pastor cristão que os tribunais iranianos condenaram à morte sob a acusação de apostasia (abandono do islã). George Wood não foi atendido.

Acredita-se que pelo menos 20 outros cristãos estão sendo mantidos atrás das grades, devido à sua fé em Cristo. "A oração é absolutamente essencial para a igreja perseguida," afirma George Wood "Nós também precisamos de continuar a tornar nossos líderes políticos conscientes da situação da perseguição de cristãos. Precisamos pedir a midia em todo o mundo a começar com uma solicitação para que a midia local cubra os acontecimentos trágicos da privação dos direitos humanos no que diz respeito à liberdade religiosa que está ocorrendo em todo o mundo."

Não acredito que o Pastor George Wood consiga apoio da mídia na cobertura da perseguição dos cristãos no mundo. A ordem anticristã é silêncio, a mídia é cumplice dos crimes contra os cristãos e  a vingança virá do alto.
Quando abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que tinham sido mortos por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho que deram. E clamaram com grande voz, dizendo: Até quando, ó Soberano, santo e verdadeiro, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?. Ap 6:9 -10 
Oremos por nossos irmãos no Irã, para que o Senhor os fortaleça nesse último  tempo de perseguição.


Wesley Moreira